Quotes

Aqui você encontrará algumas frases ditas pela Anna:

“Eu sou uma daquelas pessoas que realmente quer fazer tudo. E se eu tivesse tempo suficiente, eu realmente faria.”

“Eu sempre quis interpretar Anna Karenina pois aparentemente meu nome vem dela. Por que meus pais queriam me chamar de alguém que teve casos e pulou na frente de um trem, eu não sei!”

“Humor é muito importante. Caras arrogantes podem ficar longe imediatamente. Eles são tão nojentos! É muito difícil encontrar meninos maduros entre os adolescentes.”

“Eu pego o ônibus e o metrô. Não ando por aí com óculos escuros, uma bolsa grande e uma placa dizendo: ‘Eu sou uma superstar’.”

“Sou uma jovem normal e farei o que jovens fazem. Vou ao teatro, fazer compras e ver meus amigos.”

“Eu estava voltando para casa no outro dia e um menino apontou pra mim e disse ‘Mãe, essa menina escapou do cinema!’”

“Eu reconheço que coisas como a fama, vem e vão rapidamente.”

“Meu pai brinca comigo sobre meu trabalho ‘fofo’”.

“Eu tenho tido muita sorte de não ter uma daquelas insistentes mães que querem que seus filhos ganhem dinheiro para eles.”

“Há um potencial para um comportamento bastante instável no set, mas eu não penso que haja qualquer necessidade para isso.”

“Eu amo fazer filmes, mas você tem que olhar as coisas de uma perspectiva muito equilibrada.”

“É muito importante lembrar na vida, as coisas reais que importam.”

“Você pode ter ótimas experiências em um filme, mas você também pode ter experiências ótimas em sua vida cotidiana.”

“Sempre haverá pessoas que gostam de você e outras que não.”

“Eu sempre tentei ficar longe de pessoas que não gostam de mim.”

“A melhor maneira de lidar com qualquer fofoca maliciosa é apenas ignorar e continuar com as coisas que você quer fazer.”

“Toda vez que penso que estou sobrecarregada, eu penso: ‘Não. Eu não estou, Meu pai é que realmente está sobrecarregado.”

“Se estou rindo, então estou feliz e me sinto um pouco mais bonita. Rir é bom para a alma!”

“Você começar a se perguntar se eles poderiam ter usado CG e você se pergunta se eles vão precisar mais de atores!”

“Eu não vou sair e ficar bêbada toda noite, mas de vez em quando eu vou tomar um drink. Não compro essa coisa de Hollywood, como emagrecer, e apesar de eu ir a academia duas vezes por semana eu como chocolate e bolo de vez em quando.”

“Eu comecei a universidade, cerca de três semanas depois que terminei de filmar o primeiro filme  de Nárnia e eu vi alguns olhares engraçados em palestras, mas, você sabe, só porque você já esteve em um filme, não significa que você não é uma pessoa normal e eu acho que as pessoas reconhecem isso e te tratam normal.”

“Há tantas pessoas extraordinárias em Oxford fazendo coisas extraordinárias que eu não me destaco de forma alguma.”

“Acho que se você desfila com enormes óculos escuros o tempo todo … não acho que você está indo para fazer amigos de qualquer maneira. É importante ter equilíbrio.”

“Acho que há algo bizarro sobre projetar a si mesma, em vez dos personagens que você interpreta, por publicidade. Celebridade é uma coisa muito estranha.”

“Não tenho certeza se eu já fui chamada de ‘preparada’ antes. Eu tenho um grande apoio da família que garantem que meus pés fiquem firmes no chão. Meu irmão e minha irmã me mantem sob controle! Para ser honesta, porque eu sempre estive na escola ou universidade ou qualquer outra coisa, eu sempre quis me dar bem com as pessoas com quem convivo e não acho que ‘enlouquecendo’ seria a melhor maneira de fazer isso.”

“Se meus amigos estão com inveja, eles não mostram. Estou em uma escola só de meninas [North London Collegiate School], e isso poderia ser bastante traiçoeiro, mas eu tenho muita sorte. Eu tinha simulados para o GCSEs [como se fosse novo vestibular] no dia que voltei à escola depois de seis meses filmando Nárnia, então foram 20 minutos de gritaria ‘Oh meu Deus, você está aqui’ e depois passou para ‘Já fez sua [prova de] biologia?'”

“Pode ser estranho, hoje eu tive um dia normal na escola, depois fui para a Armani Couture e passei três horas procurando vestido para a estréia, e em seguida, fui para casa para fazer meus trabalhos [da escola].”

Sobre William Moseley:

“Você não se parece muito com Príncipe William. Se fosse, eu me casaria com você.”

Sobre Skandar Keynes:
“Skandar tem  olhos realmente expressivos e muito penetrantes.”

Sobre Nárnia:

“A melhor coisa sobre este filme foi definitivamente as pessoas.”

“Susana recebe um monte de críticas nos livros por ser a cínica, mas ela tem que assumir o papel dos pais.”

“Foi bom trabalhar com pessoas que sabem como fazer você rir.”

“É um filme em que os personagens seguem jornadas e espero que isso inspire as pessoas continuarem em suas próprias jornadas.”

“Acho que existe uma explicação pela Susana agir de tal forma nos livros e ela não é ruim.”

“Eu amo a Susana, mas gostaria de interpretar alguns papéis diferentes. Com sorte, terei mais tempos maravilhosos pela frente.”

“Quando eu disse para as pessoas que eu estava interpretando a Susana, eles disseram: ‘Ah, a chata’. Eu realmente me tornei bastante defensiva em relação a ela.”

“Posso me identificar com a Susana. Ela pensa em termos de praticidade. Existem algumas coisas nas quais somos parecidas e outras não. Eu me sinto muito defensiva dela. Se alguém acusa a Susana de ser uma pura cínica, eu vou dizer: ‘Não, ela não é. Há uma explicação perfeitamente lógica para tudo isso. Não fale sobre ela assim!'”

“Acabou mais rapidamente do que eu esperava, o tempo tem realmente voado. É como um sonho longo e adorável, e agora eu estou pronto para acordar.”

“É um set tranquilo e todo mundo é muito amigável. Andrew é tão descontraído que faz todo mundo ficar relaxado.”

“Cada um dos personagens de ‘O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa’ tem sua própria jornada e  com a Susana não é diferente. Como Pedro, ela sente a obrigação de cuidar de seu irmão e irmã mais novos e  é algo que a fez crescer rápido demais – sendo sobrecarregada com toda essa responsabilidade. Quando ela vai para Nárnia, ela acha que está crescida demais para acreditar nisso. Mas, através desta aventura, ela se torna mais aberta à ideia de estar nesta terra mágica. No final, isso mudou ela para melhor e ela fica sem medo de ser uma criança. É uma jornada de verdade para ela.”

“Conhecemos uns aos outros muito bem depois de passar tanto tempo juntos. Conhecemos as qualidades e toleramos as coisas não tão boas. Skandar vive na [casa] esquina com a minha e eu não poderia fugir se eu quisesse.”

“Sim, eu acho que eu sou [como a Susana], por incrível que pareça. Eu sou uma pessoa bastante lógica, então eu definitivamente me identifico com ela nessa parte. E eu sempre imaginei a Susana ser o tipo que estuda muito e trabalha duro na escola e eu sempre tentei me concentrar em meus estudos. E ela é uma irmã mais velha, e eu tenho dois irmãos mais novos. Então, nós temos isso em comum também.”

“Tenho certeza que eu tive um pouco de atenção masculina,  como resultado de Nárnia, porque as pessoas podem pensar que é tudo glamour.”

“Eu tive a minha primeira audição para Nárnia quando eu tinha 13 anos e agora eu tenho 19, então tem sido um grande e antigo pedaço da minha vida, mas de qualquer forma, eu não gostaria de interpretar o mesmo personagem sete vezes.”

“Eu não estava envolvida em qualquer uma das cenas de batalha [no primeiro filme] e ser a única no campo de batalha em uma saia foi interessante.”

“Meu irmão comprou o jogo [Nárnia] de vídeo game e fez eu andar no poste de luz cerca de oito vezes. Eu acho que é muito estranho ver o seu rosto nas coisas em locais públicos. Fui confrontada por uma caixa de cereal no outro dia, que me pegou de surpresa.”

“Sobre beijar Ben Barnes: Foi um pouco intimidante. Quer dizer, eu nunca filmei um beijo para o cinema antes e eu não sou de demonstrações públicas de afeto de forma alguma… bem, isso era quase tão público quanto poderia ser, com 300 figurantes ao redor e a equipe de filmagem… eu tinha que superar isso e seguir em frente!”

“Acho que a experiência mais estranha que tive foi que eu estava de férias no verão e eu não tinha visto o trailer nos cinemas, eu só tinha visto a fita dele, e fui com alguns amigos de amigos para ver ‘Guerra dos Mundos’ e eu não sabia que o trailer passava antes dele e eles tinham acabado de me conhecer  e não sabiam sobre [Nárnia] e eu tive essa súbita [apontar] ‘É você?!’ Foi realmente embaraçoso; uma experiência muito estranha.”

“Nós fizemos uma cena em que estávamos atravessando o grande rio e construíram esta cachoeira surpreendente e icebergs hidráulicos que se movia quando pisávamos em cima delas. E, assim como em um real rio congelado quando você pisa em um desses icebergs, a água se esguichava debaixo deles. E William estava bem, porque ele estava de calça, mas por alguma razão, cada iceberg que eu pisava, ia água debaixo da minha saia! Eu terminei o dia completamente encharcada e eu tive que pedir um novo par de calcinhas!”

“Tenho absolutamente pavor de roedores, eu pensei que o diretor estava me enrolando. Não acho que ele entendeu o quanto isso era uma fobia. Ele me chamou um dia e tinha um rato na mão e eu só comecei a chorar.”

“Como com qualquer forma de arte, você percebe muitas interpretações diferentes. Algumas pessoas estão cientes da alegoria estar lá, mas outros não vão saber sobre a mensagem cristã, portanto, não vão relacionar com isso. Você vê se quiser, se você está ciente disso.”

Traduções feitas pela equipe do Anna Popplewell Brasil.
Se for utilizá-la em outros sites, favor dar os devidos créditos.